Lendo agora
Arlo Parks faz cover de “Creep” do Radiohead

Arlo Parks faz cover de “Creep” do Radiohead

Arlo Parks

Arlo Parks compartilhou um cover da música Creep, clássico da banda Radiohead, o vídeo da canção foi dirigido por Tom Dream como parte de seu próximo curta-metragem, Shy Radicals.

Para Parks o cover da CreepDeve fazer com que as pessoas que estão lutando se sintam menos isoladas e iniciem uma conversa sobre a prevalência de problemas de saúde mental no mundo de hoje”. A canção inserida no contexto do curta Shy Radicals, que é um retrato de Hamja Ahsan e a história por trás de seu notável livro e manifesto satírico, sobre pessoas tímidas, quietas e introvertidas, faz todo o sentido.

Leia também:
Madame So lança novo single “Generation Y”
Fantastic Negrito confronta violência policial no vídeo de “How Long?”
King Krule: o ruivo de voz poderosa

Arlo Parks descreve como a música do Radiohead a ajudou em momentos de turbulência e como a banda de Thom Yorke influenciou o seu trabalho: “Creep é uma exploração simultaneamente delicada e brutal da turbulência interna e das relações humanas. Essa música serviu de refúgio para mim, durante tempos de auto-reflexão e mau humor, por muitos anos e o Radiohead como uma banda influenciou profundamente minha música”.

Arlo Parks é uma das artistas mais promissoras de sua geração, dona de canções cheias de poesia como Cola, Black Dog e Eugene, a jovem de apenas 19 anos já tem um trabalho sólido na música. Crescendo como uma garota negra quieta, sensível e deslocada, que ouvia música emo e que se descobriu bissexual, ela encontrou na música a sua forma de expressão, produzindo o seu primeiro álbum aos 17anos.

Leia também

Ela cresceu no meio nigeriano no sudoeste de Londres e aprendeu a falar frânces antes do inglês, leitora ávida de poetas como Ginsberg e mais tarde Nayyirah Waheed, Hanif Abdurraqib e Iain S. Thomas, ela também foi influenciada por Chet  Baker, Jim Morrison, Fela Kuti, Water e Otis Redding. Além de escritores como Haruki Marukami e Sylvia Plath, mas a sua grande influência atual é o também jovem músico King Krule. Parks é uma artista que consegue mesclar a absorver as energias e ideias de diversas fontes transformando a sua poesia em algo único e sensível.

*Foto: Liv Toerkell

Copyright © 2020 Sopa Alternativa. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução, total ou parcial do conteúdo sem autorização prévia da autora.

Topo