Mulheres de Cinzas é o primeiro livro da trilogia As Areias do Imperador do escritor moçambicano Mia Couto, ele narra os últimos dias do chamado estado de Gaza, o segundo maior império da África governado por um africano, Ngungunyane (Gungunnhane) foi o último imperador a governar toda a metade sul do território de Moçambique. Ele foi derrotado pelos portugueses em 1985 e deportado para os Açores, onde morreu em 1906. “A diferença entre a Guerra e a Paz é a seguinte: na Guerra, os pobres…Continue a ler “Mulheres de Cinzas: a trilogia das Areias do Imperador”