O punk antes do punk com a banda Death

Categorias Música

Antes dos Ramones e dos Sex Pistols existiu uma banda que foi precursora do que viria a ser o punk, essa banda se chama Death.

Talvez a banda nunca chegasse aos ouvidos do público se não fosse por alguns colecionadores de vinil do naipe de Jello Biafra, que estavam atrás de alguma coisa nova e se depararam com um vinil da banda cotado em 800 dólares no e-bay, gravações da banda eram tão raras que nem jornalistas especializados na cena punk conheciam o grupo, e graças ao acaso eles foram descobertos em meados dos anos 2000 pelas novas gerações.

Eu assisti ao documentário que conta as origens da banda e a sua história que daria um filme e, já recomendo que assistam A Band Called Death de 2012.

Trailer do documentário:

O Death foi formado no início dos anos setenta na cidade de Detroid pelos irmãos Hackney, David na guitarra, Bobby no baixo e vocais e Dannis na bateria, naquela época se você era negro e queria ganhar a vida com música tinha que tocar com a Motown, mas os irmãos queriam mesmo era tocar o seu rock n’ roll com influências do The Who e Jimmy Hendrix. O que causava a irritação dos vizinhos e os comentários de que eles estavam fazendo música de branco.

O nome Death surgiu após a morte do pai deles em um acidente de carro, David, que era o líder da banda e principal motor criativo, criou o conceito espiritualizado por trás do nome, mas esse nome foi uma das causas do mau recebimento que a banda teve. “Ninguém ia querer ver uma banda chamada Death” era o que diziam os irmãos de David, mas ele se manteve fiel a mensagem que queria passar com a banda e ao que acreditava. Os Death estavam muito a frente do seu tempo e essa foi uma das causas da rejeição que a banda teve.

Eles quase chegaram a assinar contrato com uma gravadora com a condição de que mudassem o nome do grupo, mas David se manteve impassível e no fim das contas eles não conseguiram lançar o álbum. No entanto eles ficaram com as fitas masters e lançaram um single de 500 cópias tentando promover a banda com os amigos.

Nos anos seguintes eles se mudaram para Vermont e tentaram lançar a banda por lá, quando David começou a colar cartazes com o nome da banda a polícia chegou a pará-lo e falar que eles não queriam gangues na cidade, de novo o nome da banda causou problemas.

Eventualmente eles mudaram o nome do grupo para The 4th Movement e gravaram dois discos de rock fortemente influenciados pelo gospel e pela espiritualidade que David trazia, o que também não foi bem recebido pela crítica especializada.

Com o tempo a banda acabou se separando, quando David voltou para Detroid seus irmãos continuaram em Vermont e criaram uma vida por lá. Para se manterem fazendo música os dois continuaram ensaiando enquanto aguardavam a volta do irmão, e como a base era só baixo e bateria eles acabaram se envolvendo com o reggae, formando o Lambsbread e foram tocando a vida.

Em 2000 David faleceu de câncer no pulmão, mas antes de morrer ele profetizou que um dia o mundo iria atrás da música do Death e pediu que seus irmãos guardassem as fitas masters.

Oito anos após a morte de David um dos filhos de Bobby ouviu uma música com a voz do pai em uma festa de música alternativa que tocava raridades desconhecidas. A partir daí eles se engajaram em espalhar o trabalho da família deles e formaram o Rough Francis, pseudônimo que o seu tio David usava na carreira solo, fazendo um tributo ao Death em seus shows.

Em 2009 o Death finalmente lançou o seu álbum: Death – For the Whole World to See. Trinta e cinco anos depois a banda finalmente recebeu o reconhecimento que merecia e David, visionário que era, previu que isso aconteceria. Seus irmãos ficaram relutantes em voltar com a banda sem David, mas, em honra ao irmão, decidiram seguir em frente com o guitarrista Bobbie Duncan, que tocou com eles no Lambsbread.

Mais de três décadas depois eles foram reconhecidos e a sua música foi espalhada graças a internet, que possibilitou as pessoas escolherem o que querem ouvir e tirou das grandes gravadoras esse privilégio.

Esse ano o Death lançou um disco novo chamado N.E.W e a banda segue em turnê até que a morte os separe.

Politicians in my eyes

Keep on Knocking

Rock’n’Roll Victim

Let The World Turn

You’re a Prisoner

Where Do We Go from Here???

Freakin Out

Referências:
http://www.huffingtonpost.com/2013/06/28/a-band-called-death_n_3517545.html
http://www.videtteonline.com/index.php/2013/10/20/birth-of-punk-in-a-band-called-death/

 

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs “Las Pretas” e “Sopa Alternativa”, também colaboro com o “Delirium Nerd” e “Blogueiras Negras”.

8 ideias sobre “O punk antes do punk com a banda Death

Deixe uma resposta