Mulheres negras no rock - Brittany Howard

Hoje falaremos de dez nomes que surgiram na década de 2010, alguns muito conhecidos como Brittany Howard do Alabama Shakes, outros nem tanto como Madame So. Também temos algumas revelações da última década como a carismática AJ Haynes do Seratones e as irmãs gêmeas Bay Li e Kaya Nico da banda Skins. Estamos no oitavo post do especial e de lá pra cá conhecemos a história de mulheres negras que foram pioneiras no rock, mesmo tendo o seu esforço esquecido e apagado. Começamos nos anos 1930 com…Continue a ler “Mulheres Negras no Rock: Parte 8 – Brittany Howard e os novos nomes”

Mulheres Negras no Rock - Fefe Dobson, Divinity Roxx, Tamar-kali

Hoje falaremos de Tamar-kali, Shingai Shoniwa do Noisettes, Kimya Dawson, Alexis Brown do Straight Line Stitch, Fefe Dobson e muito mais. São 12 nomes da primeira década dos anos 2000 e no próximo post falaremos de mais figuras que surgiram na última década. No início dos anos 2000 o rock perdeu espaço para a música pop, hip hop, música eletrônica e outros ritmos, mas não significa que o gênero morreu ou que não tenha se renovado em quase duas décadas. Junto com o novo milênio e as novas cenas…Continue a ler “Mulheres Negras no Rock: Parte 7 – Tamar-kali e a renovação nos anos 2000”

O Cigarettes After Sex é uma banda conhecida por ser altamente viciante. Se você ouvir uma vez qualquer canção do grupo talvez nunca mais deixe de se deliciar com todo esse romantismo. A banda de Greg Gonzalez vem fazendo sucesso com as suas canções de dormir, fazer amor ou apenas enlouquecer. Realmente não tem como não se encantar na primeira vez em que se ouve essa mistura de shoegaze e slow pop com amor e noites apaixonadamente mal dormidas. Em toda a minha vida eu nunca achei que…Continue a ler “Cigarettes After Sex: o amor traduzido em 5 canções”

Sally Nixon

Sally Nixon é uma ilustradora americana conhecida por desenhar personagens femininas em situações do cotidiano. As mulheres de Nixon aparecem tomando banho, escovando os dentes, conversando com as amigas em restaurantes ou simplesmente comendo uma torrada no café da manhã. As expressões dessas garotas são de tédio, animação, calma e naturalidade. São mulheres reais. Sally diz que adora desenhar garotas porque elas são bonitas e comida porque é a melhor coisa. O seu traço é inconfundível e ela apresenta mulheres em suas mais variadas formas…Continue a ler “As mulheres da ilustradora Sally Nixon”

Mulheres Negras no Rock 90's

A década de 1990 talvez tenha sido a última grande década para o rock, que foi perdendo espaço nas décadas seguintes para o pop, música eletrônica e seus derivados. Essa foi a década em que o grunge e o rock alternativo dominaram, junto com o britpop, que ganhou espaço com bandas como Oasis e Blur, assim como bandas de hard rock que retomaram o sucesso de suas carreiras das décadas anteriores, como o Aerosmith. Mas quem eram as mulheres negras que faziam rock nessa década?…Continue a ler “Mulheres Negras no Rock: Parte 6 – De Lisa Fischer ao rock alternativo dos anos 90”

GLOW Netflix

GLOW (Gorgeous Ladies of Wrestling) é mais uma série da Netflix, nesta comédia ambientada nos anos 1980 conhecemos a atriz Ruth Wilder (Alison Brie), que não está indo muito bem em sua carreira, está sem dinheiro e não consegue bons papéis, ao mesmo tempo em que acaba se envolvendo com um cara casado. Ela então consegue uma audição para um show de luta-livre feminina e resolve agarrar essa chance. A série também foca em Sam (Marc Maron), diretor da atração, que fez carreira com filmes…Continue a ler “GLOW: ouça a trilha sonora da série”

Mulheres Negras no Rock

Neste post falaremos sobre Grace Jones, diva da cultura pop que até hoje serve de base e influência para artistas de diversos gêneros. Também temos a carreira solo de Nona Hendryx e a inesquecível Tracy Chapman. Até agora, contamos as origens do gênero com Sister Rosetta Tharpe, Laverne Baker e Big Mama Thornton, as três foram apagadas da história e tiveram os seus sucessos “embranquecidos” em prol de uma audiência branca. Na segunda parte vimos como nos anos 1960 Tina Turner deixou a sua marca e…Continue a ler “Mulheres Negras no Rock: Parte 5 – Grace Jones e as cantoras dos anos 80”

Hip Hop Genealogia

Hip Hop Genealogia (Hip Hop Family Tree no original) é a primeira parte de uma série de volumes sobre as origens da cultura Hip Hop, a obra foi lançada no Brasil em 2016 pela editora Veneta. Criada por Ed Piskor, que escreve e ilustra as HQs, o autor cresceu cercado pela cultura Hip Hop e pelo mundo das revistas em quadrinhos e o universo dos heróis. Em 2012 ele começou a trabalhar nas histórias e a lançá-las em capítulos on-line pela revista Boing Boing, quando publicou sua obra…Continue a ler “Hip Hop Genealogia: as origens do movimento em quadrinhos”

Mulher-Maravilha

O filme da Mulher-Maravilha chegou quebrando tudo e colocando a icônica heroína no topo das bilheterias do mundo todo. Além de já ser considerado um dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos e destacando a diretora Patty Jenkins como a primeira mulher a dirigir um filme desse gênero e fazendo bonito em sua estreia nesse meio. Na trama Diana (Gal Gadot), a princesa de Themyscira a ilha das amazonas, resgata o soldado Steve Trevor (Chris Pine) e resolve ir com ele atrás de…Continue a ler “Mulher-Maravilha: ouça a Trilha Sonora do filme”

Mulheres Negras no Rock Poly Styrene, Pauline Black, Fancy Rosy

No final da década de 1970, com o surgimento do punk, também tivemos mulheres negras que emergiram junto com o movimento. Nomes como Poly Styrene do X-Ray Spex e Pauline Black da banda The Selecter, tiveram um papel importante nesta cena musical, além da desconhecida Fancy Rosy que lançou apenas um single. Poly Styrene longe de ser um clichê Nascida Marianne Joan Elliott-Said em 3 de julho de 1957, era filha de uma secretária escocesa com um ex-aristocrata Somali. Ela foi criada apenas pela mãe e fugiu de casa aos quinze anos para viver uma vida…Continue a ler “Mulheres Negras no Rock: Parte 4 – Poly Styrene e o punk rock”