Três grandes parcerias entre Rap e Rock

Categorias Música
Afrika Bambaataa e John Lydon
Afrika Bambaataa e John Lydon

Muito antes de Jay-Z se unir ao U2 para juntos cantarem Sunday Bloody Sunday no muro de Berlim, os rappers já se uniam a nomes do rock formando parcerias entre rap e rock pouco prováveis, mas surpreendentes e excelentes.

Nos anos 80 parcerias desse tipo não eram tão comuns, a MTV se recusava a transmitir vídeos de artistas negros e a cena hip hop estava começando a estourar com nomes como Grandmaster Flash and The Furious Five, Afrika Bambaataa, Run-DMCPublic Enemy entre outros. E, aproveitando o momento, algumas parcerias com grandes músicos e bandas do cenário Rock N Roll entraram para a história.

Com o tempo isso foi se tornando banal e até meio que “qualquer coisa”. Hoje em dia, com a cena hip hop em evidência, todo mundo quer fazer uma parceria com algum rapper X e disso saem coisas bizarras como Wanessa Camargo e Ja Rule e é melhor eu parar por aqui…

rap e rock

Mas deixando a parte trash de lado, fui atrás do que melhor aconteceu e selecionei três grandes parcerias entre rappers e roqueiros:

Afrika Bambaataa e John Lydon – World Destruction:

A minha parceria favorita, fruto do projeto Time Zone de Afrika Bambaataa, que a cada single reunia músicos diferentes. World Destruction foi lançado em 1984, quando Bambaataa seu uniu a John Lydon, vocalista do Sex Pistols e do Public Image Ltd., por meio de uma admiração mútua.

Aerosmith e RUN-DMC – Walk This Way:

Em 1986 o Aerosmith estava afastado da mídia, mas voltou com tudo com a  parceria com o Run DMC, que com Walk this Way, também foi responsável por levar o hip hop para o grande público.

Anthrax e Public Enemy – Bring The Noise

Bring the Noise foi lançado pelo Public Enemy em 1988, mas em 1991 o Anthrax resolveu regravar a música com a participação de Chuck D. e saíram em turnê com o Public Enemy, dando origem a uma das primeiras músicas de rap metal da história.

 

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Comecei escrevendo sobre música e me apaixonei pela escrita.

Deixe uma resposta