Hibana: Spark e as amizades que mudam a nossa vida

Categorias Seriados
Hibana: Spark

Hibana: Spark é uma série japonesa da Netflix, que estreou em 2016, baseada no livro de Naoki Matayoshi, ganhador do Prêmio Mishima. Essa foi a primeira série da Netflix produzida integralmente no Japão e representou uma mudança na produção japonesa de seriados.

Em Hibana: Spark acompanhamos o nascimento e os percalços da amizade do jovem aspirante a comediante de Manzai (um tipo de comédia stand-up japonesa), Tokunaga (Kento Hayashi) e do veterano Kamiya (Kazuki Namioka), que acaba se tornando o seu mentor e amigo. Ao longo de dez anos seguimos com os amigos, que enfrentam as dificuldades da vida cotidiana enquanto perseguem o sonho de viver de sua arte.

Tokunaga faz parte da dupla de Manzai “Sparks” ao lado de seu amigo de infância Yamashita (Masao Yoshii). Em uma apresentação ele acaba conhecendo o veterano Kamiya, após se darem bem, Kamiya acaba aceitando se tornar o senpai de Tokunaga, sob a condição de que o aprendiz escreva a sua biografia. A partir daí Tokunaga e Kamiya começam uma relação que acaba tomando outros rumos quando a carreira de Tokunaga e de seu parceiro começa a fazer sucesso.

Hibana: Spark

Hibana: Spark é uma obra de arte dividida em dez episódios, para quem não está acostumado com a narrativa de filmes japoneses talvez ela cause algum estranhamento pela sua narrativa por muitas vezes lenta e apegada aos detalhes. Assim como as piadas do Manzai muitas vezes podem não fazer sentido para nós brasileiros, já que o humor varia entre as culturas, mas ela é com certeza uma das pérolas escondidas da Netflix.

Na série acompanhamos a maneira como Kamiya enxerga a vida e o modo de fazer a sua arte, não aceitando mudar o seu jeito de ser e atitudes em troca do sucesso comercial, enquanto Tokunaga ainda está aprendendo a lidar com a vida de adulto, sendo obrigado a aceitar outros empregos para se manter, enquanto não obtém sucesso como comediante e as concessões que ele tem que fazer para alcançar os seus sonhos.

Veja também:
Samurai Gourmet nos ensina a apreciar as coisas simples.
Midnight Diner: Tokyo Stories – uma refeição muito especial.

Hibana: Spark também é um retrato da geração japonesa que amadureceu no começo dos anos 2000, a maioria dos personagens são jovens tentando construir a sua vida na cidade grande e indo em busca dos seus sonhos. A vida real às vezes não permite que alcancemos o que almejamos quando jovens, mas é interessante notar como os sonhos dos personagens se renovam ou acabam sendo esmagados pela situações da vida cotidiana, obrigando-os a mudar os planos e se conformar com o que a vida reservou para eles.

Em meio a tudo isso Kamiya representa a resistência e a perseverança na busca pelos sonhos e o compromisso de viver de sua arte. Ao longo de dez anos ao lado de Kamiya, Tokunaga também aprende que nem tudo vai sair como o planejado, mas nem por isso se deve desistir do que te faz feliz, no caso dos personagens essa busca é por uma revolução na arte do Manzai.

Outra grande qualidade da série é a sua trilha sonora, o tema “I See Reflections in Your Eyes” sempre está presente nos momentos importantes dos personagens, assim como a música de encerramento “Brother”, que fica na cabeça depois que cada capítulo chega ao fim. E eu tenho certeza de que você vai se emocionar quando ouvir o amigo de Tokunaga cantando em um momento importante da história.

Para quem gosta de séries japonesas Hibana: Spark também conta com algumas participações especiais de Kaoru Kobayashi, o Mestre de Midnight Diner: Tokyo Stories.

Comece a assistir Hibana: Spark, eu garanto que você não vai se arrepender.

P.S. – Fiquei apaixonada pelas jaquetas com estampa de dragão que o Kamiya costuma usar, são muito estilosas, queria todas!

Trailer Hibana: Spark

Música tema de Hibana: Spark

Se você não chorar ouvindo essa música na série, você não tem coração:

Música de encerramento:

Referências:
https://www.japantimes.co.jp/culture/2016/06/09/tv/can-netflixs-hibana-spark-revolution-japanese-tv/

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs Las Pretas e Sopa Alternativa.


1 ideia sobre “Hibana: Spark e as amizades que mudam a nossa vida

Deixe uma resposta