Guardiões da Galáxia

A onda de filmes de super-heróis tomou conta dos cinemas nos últimos anos e Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy) é, sem dúvida, o filme com a melhor trilha sonora entre todos os que já entraram em cartaz.

O filme de 2014 conta a história de Peter Quill (Chris Pratt) que rouba um objeto valioso e desejado pelo vilão Ronan (Lee Pace), o Acusador. Ele acaba se juntando a um grupo de renegados com interesses distintos como os ladrões Rocket Raccoon (Bradley Cooper) e Groot (Vin Diesel), Gamora (Zoë Saldaña), que deseja dar fim no objeto e Drax – O Destruidor (Dave Bautista), que quer vingança contra Ronan, formando então os Guardiões da Galáxia.

A trilha sonora é parte fundamental do filme, pois o “Awesome Mix Vol. 1” são as músicas que a mãe do protagonista ouvia quando jovem e antes de morrer gravou em uma fita k7 e deu de presente ao filho junto com um walkman. A seleção de músicas é uma homenagem ao hits pop dos anos 1970, escolhidas pelo diretor James Gunn. As músicas acrescentam momentos de nostalgia, humor e uma personalidade a mais ao filme, que se destaca dos outros filmes da Marvel justamente pelo seu enredo cheio de referências a cultura pop e sarcasmo.

A trilha sonora traz nomes como Blue Swede, David Bowie, Jackson 5, The Runaways, Raspberries, Marvin Gaye entre outros.

Ouça a trilha sonora na íntegra para você entrar no clima dos Guardiões da Galáxia:

1 – Hooked On A Feeling – Blue Swede
2 – Go All The Way – Raspberries
3 – Spirit In The Sky Norman – Greenbaum
4 – Moonage Daydream – David Bowie
5 – Fooled Around And Fell In – Elvin Bishop
6 – I’m Not In Love – 10cc
7 – I Want You Back – Jackson 5
8 – Come And Get Your Love – Redbone
9 – Cherry Bomb – The Runaways
10 – Escape (The Pina Colada – Rupert Holmes
11 – O-O-H Child The Five – Stairsteps
12 – Ain’t No Mountain High Enough – Marvin Gaye, Tammi Terrell

Trailer:

 

Sou formada em Artes Visuais, apaixonada por arte, música, livros e HQs. Editora nos blogs “Las Pretas” e “Sopa Alternativa”, também colaboro com o “Delirium Nerd” e “Blogueiras Negras”.

Deixe uma resposta